Google diz que ainda não leva em conta versão Mobile do site


Em conferência realizada no início do mês nos Estados Unidos, chamada SMX Advanced, o porta-voz do Google Gary Illyes anunciou que, até segunda ordem, ainda são os fatores de ranqueamento aplicados aos sites desktop que determinam o posicionamento na SERP de sites mobile. Isto é, o robô do Google rastreia o conteúdo, page speed e links de seu site desktop e interpreta que o mesmo deve valer para o seu site mobile, atribuindo sua relevância e colocando-o na posição mais conveniente.

Essa declaração gerou um certo burburinho na comunidade do marketing digital pois muitos consideraram que, se um webmaster deseja, por exemplo, que o robô faça uma leitura de seu site desktop como sendo sobre um conteúdo X, mas na verdade quer entregar no mobile um conteúdo Y, ele conseguiria facilmente caso o Google não fizesse a leitura das duas versões de seu site. Entretanto, Illyes já se posicionou em relação a esse fato: afirmou que a empresa ativou sua equipe de Caçadores de Spam para vasculhar se casos como esse vem acontecendo e, surpreendentemente, não encontrou nada alarmante. Disse também que essa não é uma decisão definitiva, que sites fraudulentos poderão e serão punidos manualmente e, caso seja necessário seu uso, uma versão do robô voltada exclusivamente para sites mobile já está em teste.

É importante ressaltar que essa notícia não contradiz a atualização do Google divulgada no fim de Fevereiro, que declarou que sites que não possuíssem versão mobile ou fossem responsivos perderiam posições. Isso porque apesar de, como citado acima, fatores como conteúdo, page speed e links ainda serão rastreados via versões desktop, um único e importantíssimo fator citado por Gary Illyes que não se aplica exclusivamente aos sites desktop é a experiência do usuário. E fica aqui a dica: é praticamente impossível que um site tenha uma boa usabilidade em dispositivos móveis caso não tenha uma versão mobile ou seja responsivo.

Devemos parar para pensar também que todo teste possui um objetivo. Portanto, apesar da declaração de Illyes, acreditamos que é melhor estar preparado caso o “Robô Mobile” entre em campo em breve, colocando essa questão do site mobile ou responsivo no seu planejamento de marketing como prioridade.

Tags: para mobile, mobile friendly, google

Via www.conversion.com.br

Total de comentários: 1
avatar
0
1
Todo aquele alvoroço urgente quando tinha um prazo maior.
avatar