Dicas de segurança básicas para webmasters

Algumas dicas de como manter a segurança de seu PC


Webmasters que se preocupam com a segurança dos seus sites tomam diversas medidas preventivas para evitar ter um site invadido.

Desde cuidados básicos como utilizar senhas seguras, plugins de proteção contra ataques (no caso do WordPress), até medidas avançadas como alterar permissões de arquivos diretamente no servidor. Porém em alguns casos a segurança do computador em que trabalham é negligenciada, se o sistema for infectado todo o cuidado direto com a segurança do site pode ser sido em vão.

Criminosos virtuais após tomarem o controle do sistema podem facilmente ter acesso direto ao seus sites e informações pessoais.

Um site comprometido pode se tornar um distribuidor de malwares e exibir a mensagem "Este site pode ser sido invadido" para o seu leitor. Péssimo para experiência do usuário e prejudicando o SEO.

Confira nesse artigo algumas medidas simples que podem e devem ser tomadas para tornar o sistema do computador mais seguro e consequentemente aumentar a segurança dos sites que trabalhamos.

O artigo é válido para usuários que utilizam o Windows como sistema principal do equipamento.

Não trabalhe com a conta de administrador

Essa dica talvez seja a mais básica, porém uma das mais eficientes e gratuita.

Por padrão, quando o Windows possui um usuário único, essa conta tem todos os privilégios de administrador (usuário root no Linux), podem fazer qualquer alteração profunda no sistema, ai que mora o perigo.

Mesmo usuários mais experientes podem cair em golpes de engenharia social e acabar clicando em um link malicioso ou executando um aplicativo com código nocivo ao sistema.

Quando isso acontece no usuário administrador o malware tem muito mais chances de conseguir tomar o controle do Windows.

A solução consiste em criar uma conta de usuário limitada (através do Painel de Controle > Usuários) e proteger com uma senha segura a conta de administrador.

Com a conta de usuário limitada é possível utilizar todos os programas instalados no computador e navegar normalmente na internet, porém não é possível instalar programas e fazer modificações importantes no sistema, tornando o uso muito mais seguro.

Sempre que necessário será solicitado a senha de administrador e você tem uma chance a mais de pensar na ação, além de proteger o sistema de terceiros que podem compartilhar do uso do equipamento.

Suítes de proteção instaladas e atualizadas

Os programas de proteção são essenciais e funcionam como uma barreira no caso de descuidos do usuário, um Pen drive infectado ou qualquer outro tipo de propagação de malwares.

Programas gratuitos oferecem um nível aceitável de proteção, mas diante do baixo custo é recomendável que você acompanhe os testes anuais e escolha o melhor antivirus pago para proteger o sistema.

Além da proteção tradicional, suítes pagas de proteção oferecem um Firewall mais avançado (substituindo o padrão do Windows) e módulos adicionais de proteção, para navegação segura, transações bancárias e compras via internet.

Possui ainda bons recursos de backups e recuperação do sistema em caso de problemas.

Mantenha-os sempre atualizados e programe verificações automáticas no período ocioso do equipamento, como um horário de almoço por exemplo.

Windows e aplicativos sempre atualizados

O Windows Update oferece diariamente melhorias e correções de brechas de segurança, mantenha o serviço ativo no sistema e permita que as atualizações sejam instaladas.

Além do Windows é essencial manter programas e plugins como Java e Flash Player sempre atualizados, criminosos virtuais exploram todas as brechas possíveis para tentar tomar o controle do sistema.

Tudo deu errado, o que eu faço?

Com todos os cuidados listados acima, a chance de ter o sistema infectado é mínima, mas no caso de um desastre, algumas medidas precisam ser tomadas.

Enquanto não resolver o problema, pare de acessar os sites que gerencia, e-mails e bancos, tudo que envolva senhas.

Tente utilizar o antivírus instalado e as ferramentas de recuperação (se disponível) com o sistema no modo de segurança para amenizar o problema.

Agora será necessário ter algum conhecimento de como remover vírus do computador, consulte o guia do link para saber como utilizar as ferramentas citadas.

Seguindo os passos, você tem grandes chances de conseguir limpar totalmente o sistema e voltar a utilizar o equipamento com segurança.

Mas se ainda tiver alguma suspeita, seja cauteloso, mantenha o uso suspenso até que tudo esteja resolvido, se você mesmo não conseguir solucionar o problema, procure assistência de um profissional qualificado e da sua confiança.

Qualquer dúvida com as práticas e procedimentos citados nesse artigo, utilize os comentários abaixo!

Tags: Anti-virus, segurança
Via denilsonmarcos.com.br

Total de comentários: 0
avatar