Faça sua empresa crescer com ferramentas do Google

Duas ferramentas do Google que pode fazer com que seu negócio crescer.


O Google oferece um serviço para cada tipo de situação digital. Para anunciar no site, a dica é usar o Google AdWords. Se a ideia é descobrir quais são as tendências atuais, o que você procura é o Google Trends. Já se você quer ganhar um dinheiro extra, dá para fazer parte da rede do Google AdSense.

A seguir, você confere duas ferramentas da gigante norte-americana que prometem fazer com que seu negócio alavanque no universo on-line. Confira:

Google AdSense

Apenas no primeiro trimestre de 2015, o Google faturou US$ 17,3 bilhões. Com um ganho rechonchudo, a companhia poderia agir como tantas outras e pegar todo o dinheiro para si, mas a gigante norte-americana pensa diferente. Para ajudar sites e blogs que querem ganhar uma graninha extra, a empresa criou o AdSense. Com ele, é possível exibir propagandas do AdWords em seu veículo on-line e receber por isso.

“Os proprietários cedem um espaço em sites ou blogs para que os anunciantes do Google AdWords possam expor suas propagandas. Para que não haja o problema de um concorrente direto pipocar em sua página, é possível escolher que tipo de segmento pode aparecer, além de outras características”, conta Marcelo Salazar, sócio-fundador da Agência Mazag, que há cinco anos é parceira da companhia norte-americana. “Os parceiros do AdSense ganham de acordo com a quantidade de visualizações que os anúncios recebem. Os cliques são auditados pelo Google contra pessoas e robôs que possam gerar toques inválidos com o intuito de faturar mais.”

O diretor comercial da Incena Digital, Frederico Peixoto, explica que para utilizar a ferramenta é somente necessário fazer uma inscrição. “Se você tem um site com conteúdo de qualidade, um público cativo que acessa sua página e está em conformidade com os termos de uso do AdSense, envie seu pedido e, dentro de um dia, o Google irá responder com um e-mail sobre a solicitação”, diz o responsável por campanhas do Brasil Brokers e da Universidade Anhanguera. Com o cadastro aprovado, basta seguir as orientações da plataforma para se dar bem.

Vale lembrar que o pagamento do Google AdSense é feito nos Estados Unidos e em dólares. “Por isso, é necessário contratar uma agência de câmbio ou um banco especializado para transferir o dinheiro para o Brasil”, alerta Alex Pelati, diretor de search marketing da AO5 – Agência Orange Five, parceira do Google desde 2008.

Google Analytics

Entender o comportamento de um público dentro de sites ou aplicativos faz toda a diferença na hora de direcionar uma estratégia de marketing. Por isso, o Google Analytics promete fazer uma mensuração completa de quem visita seu negócio. “Para mim, é um dos produtos mais inteligentes e completos que a marca oferece, além de ser totalmente gratuito”, afirma Damiana Lopes Porto, diretora de operações da Cinco Marias Agência Digital. “Sabendo ler os números exibidos e cruzar os dados, é possível fazer múltiplas análises para alavancar sua empresa.”

Com o Google Analytics é possível descobrir várias informações sobre seus visitantes. Entre elas: de onde veio o internauta (da busca orgânica, dos links patrocinados, do Facebook), quanto tempo durou a visita e quanto tempo ele ficou em cada página, quantas novas pessoas acessaram seu site no mês, por qual dispositivo o cliente acessou seu website (desktop, celular ou tablet), qual a página mais visitada, entre outros questionamentos.

Para usar a plataforma é fácil. Basta inserir um código de acompanhamento do Google Analytics na fonte do site. Assim que estiver ativo, é possível monitorar o comportamento dos visitantes dentro da sua página. Para não ter problema com esta etapa, os especialistas entrevistados pela Revista W recomendam contar com a ajuda de um webmaster para implantar o recurso.

Essa ferramenta também possui uma versão paga. Chamada de Analytics Premium, a solução custa US$ 150 mil ao ano e é ideal para grandes companhias que precisam de uma maior cobertura de dados. “Para adquiri-lo, você precisa preencher um formulário. Depois, é só esperar que um representante entrará em contato”, diz Jane Audrei, colaboradora da comunidade oficial do Google AdWords e diretora da Agência Madara. “Além dos recursos serem mais robustos, o cliente trabalha diretamente com uma equipe do Google, que monitora os dados e fornece feedback.”

Tags: Google Adsense, Google Analytics, Google Empresa
Via revistaw.com.br

Total de comentários: 1
avatar
0 Spam
1
esse post me informou sobre algumas duvidas que tinha. agradecido '
avatar